Institucional


Tecnologia


Bilhetagem eletrônica 

 

Implantada em 2008, a bilhetagem eletrônica modernizou e modificou a forma de pagamento das passagens nos trajetos por ônibus na capital sergipana e região metropolitana. Com o sistema, as empresas passaram a controlar melhor o fluxo de passageiros que utiliza o sistema. Esse monitoramento é feito por meio de dados estatísticos que permitem adequar as linhas conforme os horários de maior e menor número de passageiros.

 

Outra vantagem do sistema é a segurança dos usuários e dos colaboradores das empresas de transporte de passageiros – motoristas, cobradores, fiscais e despachantes. Isso porque os ônibus passam a circular com menos dinheiro, fazendo com que o número de assaltos diminua significativamente.

 

Ainda no quesito segurança, há a possibilidade do usuário, em caso de perda ou roubo do cartão, efetuar o bloqueio. Assim, os créditos nele contidos não são utilizados indevidamente por terceiros. Posteriormente, o usuário só precisa solicitar uma segunda via para voltar a utilizá-lo normalmente, sem nenhum prejuízo.

 

Outro benefício é a agilidade no momento da passagem na catraca, já que não é mais preciso aguardar pelo troco.

 

 

 

 

Finger – sistema de identificação biométrica

 

A identificação biométrica através da impressão digital chegou ao transporte coletivo de Aracaju e região metropolitana em 2011. Intitulado Finger, o sistema abrange somente as pessoas que possuem algum tipo de gratuidade no serviço. Seja total, caso dos idosos, carteiros, oficiais de Justiça, policiais e pessoas com deficiência, ou parcial, caso dos estudantes que pagam meia passagem.

O cadastramento desses usuários teve início em julho de 2010, com os colaboradores das empresas que atuam nas empresas de transporte de passageiros. Em seguida, passaram a ser cadastrados os estudantes e, a partir de janeiro de 2011, foram cadastrados os policiais militares e civis, oficiais de Justiça e as pessoas com deficiência.

A partir de junho do mesmo ano foram cadastrados os idosos. Já na segunda quinzena de julho, o procedimento teve início com os carteiros e demais detentores do benefício não catalogados até a ocasião.

O passo seguinte da implantação do sistema foram os testes nos Terminais de Integração. Esse processo teve início no mês de maio com o equipamento sendo utilizado por todos os usuários até então cadastrados. O lançamento oficial do sistema ocorreu no mês de agosto.

 

O mecanismo democratizou o transporte coletivo ao possibilitar que todos os usuários passassem pela catraca, o que permite o uso indiscriminado de todos os espaços do ônibus e a identificação individual.

 

 

Validador on-line

 

Os validadores on-line chegaram ao sistema de Aracaju em novembro de 2012. Eles são aparelhos que autenticam a recarga feita pela internet, tornando-a disponível de uma forma mais rápida que o modo atual. Com ele o tempo para os créditos dos cartões Mais Aracaju escolar, vale-transporte e cidadania urbanos ficam disponíveis em até 24 horas.
Os validadores online estão disponíveis nos principais terminais da cidade e em alguns pontos de recarga do SETRANSP.

ENCONTRE O VALIDADOR MAIS PERTO DE VOCÊ.

TERMINAL D.I.A.
TERMINAL ATALAIA
TERMINAL MARACAJU
TERMINAL LEONEL BRIZOLA (RODOVIÁRIA NOVA)
TERMINAL FERNANDO SÁVIO (CENTRO)
TERMINAL MERCADO
TERMINAL CAMPUS (UFS)
TERMINAL MARCOS FREIRE II
UNIVERSIDADE TIRADENTES – CAMPUS II
RUA DO TURISTA – 1º PISO


Setransp - Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Município de Aracaju
Rua Moacir Wanderley, 185, sala 503
Condomínio Empresarial Jardins
Bairro Jardins
CEP 49025-510
79 3085-7584

© Copyright - Setransp 2014 - Todos os direitos reservados. Todo conteúdo deste site é de uso exclusivo.

seta topoVoltar ao Topo do Site

marca alfama web